quinta-feira, 10 de setembro de 2009

CELEBRANDO TUDO.... CONTINUAÇÃO........

OBVIO QUE UMA PESSOA QUE PASSOU POR UMA SEPARAÇÃO VAI UM DIA PROCURAR OS AMIGOS, SAIR, SE DIVERTIR. ACONTECERA NATURALMENTE, QUANDO SE SENTIR DISPOSTO. MAS ANTES DE ESSA DISPOSIÇÃO CHEGAR, NÃO HA RAZÃO PARA NEGAR O ABALO E PASSAR BATIDO PELO LUTO.
A FESTA DE SEPARAÇÃO TEM UM FORTE COMPONENTE DE HUMOR.SÓ QUE NÃO BASTA UMA UNICA NOITE PARA DETERMINAR O FIM DE UMA ERA E O COMEÇO DE OUTRA. SE A DOR AINDA ESTIVER LATENTE, SEGUIRA LATEJANDO. E SE NÃO HOUVER DOR NENHUMA, ENTÃO A FESTA NÃO PASSA DE MAIS UMA IMITAÇÃO BOBA QUE OS GRINGOS FAZEM LA POR CIMA.
SE ISSO ESTIVER SOANDO POLITICAMENTE CORRETO DEMAIS, ENTÃO IGNORE:
VÁ EM FRENTE , FESTEJE O FIM DA SUA RELAÇÃO ESCRAVAGISTA E SOLTE A FRANGA COM OS AMIGOS. CHIQUE NÃO É, MAS VOCÊ TERA SEMPRE A DESCULPA DE, À MODA AMERICANA, ESTAR CELEBRANDO A MORTE (o fim de um amor é sempre uma morte)PARA SINALIZAR QUE A VIDA CONTINUA.

2 comentários:

  1. O CANÁRIO

    Encontrei um canário abandonado,
    Estava quase a morrer o coitado,
    Baixei-me e apanhei o maltratado
    Levei-o para casa e logo foi embrulhado...

    Arranjei-lhe uma bonita gaiola,
    E qual não foi o meu espanto!
    Que logo pela manhã o mariola,
    Acordou-me com o seu lindo canto...

    Fiquei embevecido de contentamento,
    Com o agradecimento que me deu,
    Acordando-me com um canto de talento!

    E Logo pensei naquele momento,
    Mas que diabo teria eu feito,
    Para merecer este belo tratamento!...
    dcb

    ResponderExcluir
  2. O CARINHO

    Ó minha querida amiga,
    Eu sou um poeta caseiro,
    Mas deixa-me que te diga,
    Assim com um jeito brejeiro.

    Fiquei bastante emocionado,
    Com a maneira como escreves,
    É que no diálogo que me foi mostrado,
    Com muitas palavras bonitas e breves.

    É difícil saber qual é o seu alcance,
    E muitos dias se seguirão a este,
    Para ler aquelas linhas de relance,
    E saberemos tudo o que escreveste.

    É assim que a vida nos premeia,
    Com manifestações que desconhecemos,
    Que são como a teia tecida pela aranha,
    Que nos dá uma emoção tamanha.
    dcb

    ResponderExcluir

Chat OnLine